M0N0

Incentivos fiscais são principais financiadores federais de museus desde início do governo Lula

Arquivado em Brasil | tags: museus, Ibram, financiamento, Tesouro, incentivos fiscais | Compartilhe


Gráfico principal

Descrição

Desde 2003, incentivos fiscais são a principal fonte de financiamento do governo federal para os museus brasileiros, de acordo com dados do Instituto Brasileiro de Museus relativos a 2015 - os mais recentes divulgados.

Em 2015, os incentivos fiscais totalizaram 76,1% do financiamento dos museus, maior patamar da série histórica divulgada pelo Ibram.

Nos dois últimos anos do governo de Fernando Henrique Cardoso, o Tesouro e Fundo Nacional de Cultura representavam mais de 70% dos investimentos federais em museus no país, mas a partir de 2003 - ano em que Luiz Inácio Lula da Silva assumiu o governo - os incentivos fiscais passaram a representar uma fatia maior dessas aplicações.

Referências