M0N0

Nas escolas de samba de SP e RJ, poucas mulheres na linha de frente

Arquivado em Coisas | tags: carnaval, igualdade de gênero, feminismo, escolas de samba | Compartilhe


Gráfico principal

Descrição

O site Gênero e Número publicou um levantamento sobre diferença entre homens e mulheres no carnaval organizado de São Paulo e Rio de Janeiro, e elas estão em gritante desvantagem.

Nas duas cidades, entre 48 escolas escolas de samba, há apenas 5 presidentes mulheres e 5 carnavalescas. Não há mulheres intérpretes nem mestres de bateria.

Referências