M0N0

Grandes empresas perderam participação nos financiamentos do BNDES desde 2001, dando espaço para pequenos

Arquivado em Empresas | tags: BNDES, crédito, investimentos | Compartilhe


Gráfico principal

Descrição

As grandes empresas tradicionalmente consomem mais de dois terços dos financiamentos concedidos pelo BNDES, mas caíram em representação em relação ao total anual dos desembolsos do banco desde 2001, abrindo espaço para companhias de menor porte captarem recursos.

As pequenas empresas foram as que apresentaram crescimento proporcional mais significativo no período, saltando de 4,3% dos desembolsos em 2001 para 8% em 2016.

porte média* 2001 2016
grande 72,64% 77,10% 69,10%
micro 13,45% 12,40% 15,30%
média 7,82% 6,20% 7,50%
pequena 6,09% 4,30% 8%
* média de todos os anos de 2001 a 2016 - Fonte: BNDES

Naturalmente, companhias de grande porte desenvolvem projetos maiores, que exigem maior volume financiado, e por isso o montante de recursos destinados a elas é substancialmente superior.

O desembolso médio do BNDES de 2001 a 2016 foi de cerca de R$ 100 bilhões por ano, com o pico em 2013 (R$ 190 bilhões), e fecharam 2016 com R$ 88,2 bilhões.

Referências